Contrário ao cenário nacional inadimplência cai em Varginha

WhatsApp Image 2019-02-22 at 10.12.20De acordo com informações do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), o país encerrou o ano de 2018 com um avanço de 4,41% no número de consumidores com contas em atraso, na comparação com 2017. A maior alta desde 2012 quando a inadimplência cresceu 6,8%. Já em janeiro de 2019, no setor de comércio, a inadimplência caiu 7%, em comparação com janeiro de 2018.
Porém, esses dados não representam a realidade de Varginha que apresentou uma queda de 9,53% no ano de 2018, em comparação com 2017. O resultado positivo continuou em janeiro de 2019 marcando uma queda de 14,53%, em comparação com o janeiro de 2018.
De acordo com o professor de economia, Pedro Portugal, a queda da inadimplência em Varginha é reflexo de um novo comportamento do consumidor. “Devido à crise que o país passou nos últimos anos os consumidores estão mais precavidos e estão evitando fazer grandes dívidas”, disse.
Pedro destaca ainda que a queda no mês de janeiro é natural devido ao 13º salário e maior confiança na economia devido ao novo governo do país. A tendência é que o cenário mude quando a retomada da economia for percebida de fato pelos consumidores. Ou seja, com a criação de novos empregos e o aumento da renda.

Deixe uma resposta